UM VOO PARA O DESCONHECIDO

DUALIDADE CRÔNICA #3 Medo, insegurança, borboletas no estômago. Sonhar é perigoso e é preciso saber se o desejo é genuíno (é possível ?).A vida nos convida a experienciar, provar além do doce e salgado. As vezes o chocolate quente nos decepciona e as coisas parecem não fazer nenhum sentido. Espero que eu possa sentir a liberdade … Continue lendo UM VOO PARA O DESCONHECIDO

VISÃO DE TÚNEL

DUALIDADE CRÔNICA #1 Visão de túnel Antes contemplava somente a luz do solCom a sua beleza que ofusca olharese desconhecia da existência da escuridãoAntes haviam lampejosOutrora, o nada, dando espaço para o vazioAntes não conhecia essa tal chamaTampouco não sabia manejá-laEla causava medo, ao mesmo tempo aqueciaAntes não conseguia bipedestarMas preferi fazer as pazes com … Continue lendo VISÃO DE TÚNEL

O POUSO DOS PASSARINHOS

HINOS DE AMBIVALÊNCIA #2 O Pouso dos Passarinhos Haste torre,onde pousa os passarinhosNão sei o que façoTabuleiro desalmadoHá meses que não choveOs carniceiros nem se esforçamEu me destruo involuntariamente. Haste torre,onde canta os passarinhosO canto me atordoaBusco um lugar mais claroCarrego os pesos mortos,que em outrora já foram brutose difíceis de domar. Haste torre,onde comem os … Continue lendo O POUSO DOS PASSARINHOS