O POUSO DOS PASSARINHOS

HINOS DE AMBIVALÊNCIA #2

O Pouso dos Passarinhos

Haste torre,
onde pousa os passarinhos
Não sei o que faço
Tabuleiro desalmado
Há meses que não chove
Os carniceiros nem se esforçam
Eu me destruo involuntariamente.

Haste torre,
onde canta os passarinhos
O canto me atordoa
Busco um lugar mais claro
Carrego os pesos mortos,
que em outrora já foram brutos
e difíceis de domar.

Haste torre,
onde comem os passarinhos
Sinto um cheiro podre
Perdi meu cavalo,
perdi para um jogo sem inimigos
Sem estratégias e sem amigos
Já nasci condenado.

Haste torre,
onde voam os passarinhos
Derrubei a torre
Agora grito para eles
Um grito definitivo
Eles fogem, pra longe
Não vão mais voltar.

Haste torre,
onde pousa os passarinhos
Mas eles sempre voltam
Trazem consigo o verão,
Que já vinha em jejum
Esse ano vai ser difícil.
Acho que não vou conseguir.

Lucas Rodrigues

RESFRIADO

DUALIDADDE CRÔNICA #2

Resfriado

Estou sempre de sobreaviso
Avisa quando a chuva passar
Que talvez eu vá te ver

Quer saber ?
Eu vou mesmo assim…
Ou melhor
Deixa pra lá
Talvez a travessia ou a chuva
Me lembrem que não vale a pena ficar resfriado por você.

Ando sendo permeável
Permeando por outras realidades
Na tentativa de encontrar conforto em um riso simples, isso ajuda às vezes.

Mas quando baixa a energia
Emerge uma oportunidade.
É hora de acolher as fragilidades, e perceber nesse movimento quando a felicidade irá chegar.

Descobrindo então que não existe peça da parte que falta.

Marques Vinícius

VISÃO DE TÚNEL

DUALIDADE CRÔNICA #1

Visão de túnel

Antes contemplava somente a luz do sol
Com a sua beleza que ofusca olhares
e desconhecia da existência da escuridão
Antes haviam lampejos
Outrora, o nada, dando espaço para o vazio
Antes não conhecia essa tal chama
Tampouco não sabia manejá-la
Ela causava medo, ao mesmo tempo aquecia
Antes não conseguia bipedestar
Mas preferi fazer as pazes com o antes
E no aqui e agora o horizonte
Já consigo vislumbrar
E de pé, saltar
As rotas sempre estiveram ali
Diante de mim
Incontáveis,
Infinitas possibilidades
Que a escuridão não permitia enxergar
E agora? O que fazer com a manifestação da vida ?
O caminho irei trilhar
Meu próprio alimento buscar
Com a chama acesa a me guiar.
Num salto evolutivo
Na corda da vida me equilibro
E assim sobrevivo.

Marques Vinícius

UNIDADES DE MEDIDA

ESMERO CONTO #4

Conversando com meu avô, percebi que com o passar do tempo criamos nossas próprias medidas, definições e classificações. Sem estudos e influências dos meios de comunicação, ele espera as chuvas com trovões de janeiro que ainda não veio.

Esse tipo de conhecimento obtido diretamente da natureza é cada vez mais raro nos dias atuais, pelo fato que existe todos os tipos de informações similares e com mais detalhes. Porém, quando esse conhecimento se concretiza, imagino eu, que a sensação de satisfação é parecida com a de uma grande descoberta científica que também só imagino.

Todos nós seguimos unidades de medidas generalizadas, impostas com um objetivo de uma maior organização e comunicação. Ao comprar um litro de leite normalmente os últimos mililitros azeda, um pão sempre endurece dentre o saco, sempre sobra café frio na garrafa. Isso tudo não ocorre quando você cria suas próprias medidas, que como mencionado, tudo ficará natural ao passar do tempo. Suas ações e atos serão moldados aos seus gostos e tudo acontecerá sem que perceba.

Dia 21 de dezembro iniciou-se o verão, que apesar do atual calor, para ele só iniciará após a última chuva desse mês. Adiantando que para ele o verão vai até as chuvas de março, que por aqui beira os últimos dias, mais de uma semana depois do final “oficial”.

Essa conversa me fez refletir sobre tais unidades de medidas relacionado com a idade, eu com vinte anos, me adaptando para não desperdiçar pão e leite e ele com quase cem anos, transladando em uma semana  a época do verão e nem aí para as explicações astronômicas comprovadas.

2020, MIOPIA

ESMERO CONTO #3

Eu vejo
Que tudo está no fim [1]
O que não era bom já piorou
E o bom agora é ruim

[1] <\ https://www.tecmundo.com.br/ciencia/155275-cientista-descreve-cenarios-catastroficos-fim-mundo.htm

Desejo
É fugir daqui
Eu não quero nem escutar
Quando essa bomba explodir [2]

[2] <\ https://www.acritica.com/channels/cotidiano/news/senado-analisa-projeto-que-sugere-criacao-de-bomba-atomica-brasileira

A polícia em greve [3]
Não temos saúde [4]
Trancados em casa [5]
Sem ter quem nos ajude
E então se segure
A bolsa caiu! [6]
O mundo acabando e só se fala em Big Brother Brasil

[3] <\ https://pt.euronews.com/2020/02/22/greve-da-policia-militar-provoca-o-caos-no-ceara

[4] <\ https://g1.globo.com/al/alagoas/noticia/2020/05/17/fotos-mostram-superlotacao-no-maior-hospital-publico-de-alagoas.ghtml

[5] <\ https://canaltech.com.br/saude/como-isolar-paciente-com-coronavirus-em-casa-163606/

[6] <\ https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2020/10/bolsa-brasileira-tem-a-maior-queda-do-mundo-em-dolares-neste-ano.shtml

Dinheiro
Não há por aqui [7]
E como pode o fruto do nosso trabalho
Assim, do nada, sumir?

[7] <\ https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/economia/2020/05/737851-quarentena-piora-pobreza-para-2-bilhoes-de-informais.html

Televisão
Ou mundo real?
“Não tenha medo de sair de casa
quando for carnaval! ” [8]

[8] <\ https://tvjornal.ne10.uol.com.br/tv-jornal-meio-dia/2020/12/11/covid19-enquanto-isso-na-sala-de-justica-cancela-previa-de-carnaval-200294

O prédio caiu [9]
O rio transbordou [10]
Na terra do frio
Se morre de calor
As tropas nas ruas
Com escudo e fuzil [11]
O mundo pega fogo e só se fala em Big Brother Brasil [12]

[9] <\ https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia/vidaurbana/2020/12/predio-desaba-no-bairro-do-janga-em-paulista.html

[10] <\ https://gauchazh.clicrbs.com.br/geral/noticia/2020/07/rio-transborda-invade-residencias-e-tira-familias-de-casa-em-barra-funda-ckcc3spj7003x0147uittczz9.html

[11] <\ https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/07/14/imagens-mostram-homens-armados-de-fuzis-e-pistolas-em-ruas-do-rio-comprido.ghtml

[12] <\ https://propmark.com.br/midia/bbb20-tem-edicao-historica-com-recordes-de-audiencia-e-patrocinios/

Inundação
Em reserva ambiental
Se é certo ou errado ninguém sabe [13]
mas isso é tão banal

[13] <\ https://brasil.elpais.com/brasil/2020-09-19/filhos-e-orfaos-de-mariana-e-brumadinho-enfrentam-a-infancia-interrompida-por-tragedias-que-nao-acabaram.html

E vamos queimar
Mais mendigos e animais [14]
Diante dos mais fracos
Mostramos o quão somos racionais

[14] <\ https://www.agazeta.com.br/es/policia/morador-de-rua-morre-apos-ser-queimado-enquanto-dormia-em-vitoria-0720

Deixa pra lá
Pra que se aborrecer?
Pensar no presente
Que é o que dá pra ver
O futuro é pros outros
Não é do meu feitio
Agora silêncio
No jornal tem Big Brother Brasil [15]

[15] <\ https://maxima.uol.com.br/noticias/na-tv/bbb20-no-jornal-nacional-ao-vivo-william-bonner-comenta-sobre-o-recorde-de-votos-do-paredao.phtml

Corrupção
Em tempo integral
O sujo apontando o mal-lavado [16]
Assim, na cara-de-pau

[16] <\ https://www.cnnbrasil.com.br/politica/2020/05/26/flavio-bolsonaro-acusa-witzel-de-cometer-desvios-no-rj-ha-muito-tempo

Tapeação
Com Tv e futebol [17]
É pão-e-circo sem pão
E tanto faz o canal

[17] <\ https://brasil.elpais.com/esportes/2020-04-29/bolsonaro-usa-o-futebol-para-forcar-relaxamento-da-quarentena.html

Pra que educar? [18]
Pra que proteger? [19]
Se temos beleza
Pra todo inglês ver [20]
E o povo que espere
Na ponte que partiu [21]
E pra descontrair
Vamos falar de Big Brother Brasil

[18] <\ https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2020/11/desigualdade-educacional-aumenta-em-58-dos-municipios-brasileiros.shtml

[19] <\ https://valorinveste.globo.com/mercados/brasil-e-politica/noticia/2020/11/29/bolsonaro-diz-que-vai-no-meio-do-povo-sem-mascara-para-nao-deixar-duvidas-de-posicao-sobre-pandemia.ghtml

[20] <\ https://www.gov.br/pt-br/noticias/viagens-e-turismo/2020/11/governo-anuncia-plano-de-retomada-do-turismo

[21] <\ https://g1.globo.com/mg/zona-da-mata/noticia/2020/08/29/ponte-cai-em-trecho-que-faz-divisa-entre-cidades-de-belmiro-braga-e-simao-pereira.ghtml

O mundo pega fogo e só se fala em Big Brother Brasil
O mundo se acabando e só se fala em Big Brother Brasil
O mundo é um Big Brother Brasil

Música: 2012, Miopia

Artista: Distintivo Blue

Álbum: Early Days

Data de Lançamento: 2014

Encaixou em 2020.

LÍNGUA

PLÁ SÃ #7

O calículo gustatório ou botão gustatório, já comentado aqui no blog em outro post, possui células basais que podem ser encontradas na periferia. Essas células tem a função de regenerar outro tipo de células, que são as receptoras gustatórias. Ao consumir uma bebida muito quente ocorre a lesão dessas células. Porém,  cada célula receptora gustatória possui uma vida de mais ou menos 10 dias, ou seja, entre esse intervalo de tempo as células receptoras gustatórias lesionadas são regeneradas através das células basais e o individuo não sente mais o incomodo de queimação na língua, plá sã.

OLFATO

PLÁ SÃ #6

Os seres humanos são capazes de distinguir milhares de cheiros/odores diferentes. O interessante é que as células olfatórias precisam apenas de algumas moléculas de determinada substância para que seja captado como um cheiro/odor. Por isso, como meio de segurança, é adicionada ao gás de cozinha uma substância química chamada metilmercaptano. Pois o gás de cozinha somente, é inodoro e pequenas partículas dessa substancia química são capazes de serem detectada pelo nosso olfato. Prevenindo explosões e possivelmente mortes, plá sã.

CENTRO DO VÔMITO

PLÁ SÃ #5

O bulbo apresenta um “centro do vômito” com a função de coordenar os mecanismos intestinais para a expulsão de substâncias tóxicas antes que sejam absorvidas pelo seu corpo. Diversos fatores podem desencadear o vômito, desde fármaco a náuseas e situações de estresse intenso. Ou seja, o seu corpo usa a ação de vomitar/expulsar/colocar para fora como ato de defesa. Múltiplos mecanismos acontecem para que o conteúdo estomacal seja colocado para fora, como exemplo, o estomago relaxa, o abdômen contrai e a respiração é inibida para que com a saída do conteúdo, não acabe aspirando, plá sã.

90 ANOS DO ZÉ

ESMERO CONTO #2

Graf Zeppelin D-LZ127

Hoje completa 90 anos que o primeiro dirigível chegou ao Brasil, que foi o Graf Zeppelin D-LZ127, pousou no antigo Campo Jiquiá em Recife, pois ali tinha construido exclusivamente para ele a “Torre do Zeppelin” que existe até hoje. Foi um voo experimental com destino final no Rio de Janeiro. A nave tinha 236,6 metros de comprimento e 30 metros de altura, sendo muito maior do que qualquer avião dessa época ou atual. Nesse tempo, a comparação mais comum era com navios transatlânticos, como o Titanic, que era apenas alguns metros mais longo.

” Um vivo interesse se desenhava em todos os semblantes entorno desse acontecimento destinado a marcar uma data inesquecível na vida da cidade. […] às 18 horas e 35 minutos o dirigível foi avistado no Recife e logo entrou a tocar, para divulgar a boa nova, o carrilhão do Diario de Pernambuco, cujos terraços estavam ocupados por famílias do nosso escol social. […]. ” Tirado do Diario de Pernanbuco em 25/05/1930.

Conto em verso e proza, uma história que ouvi do meu avô pernanbucano que associei com o tema.

Um dia pacato no sertão

Nada diferente acontecendo

Eu e as crianças brincando

Com o calor sempre comendo

Quando um bêbado grita

“Meu Deus, eu não estou bebendo”

~

Pois avistado no céu

Na gigante imensidão

Um mostro voando e planando

E nem existia avião

Por Jesus e nossa senhora!

Que isso não dessa pro chão

~

Pra suas casas correram

Embaixo da mesa eu me escondi

Esperando aquilo passar

Pra eu poder sair

Eu querendo chorar

Dali querendo fugir

~

Depois de muito tempo

Pra fora o povo saiu

Sem entender nada

De onde o bicho surgiu

E ainda ficaram com medo

Sem certeza que sumiu

~

Já estava me esquecendo

Muito tempo se passou

Quando ouvi a história

Que tudo pra mim mudou

Que uma gigante aeronave

Em Recife ali pousou

~

Nosso posso te confirmar

Que ele passou por mim

Mas pode pesquisar!

Deu em todo boletim

Que por ali voou

Um gigante Ze pelim